fbpx

7 dicas para economizar em seu novo consultório

Publicado em

economizar no consultório

Aos profissionais de saúde que, além de suas especializações médicas, têm sangue empreendedor, montar um consultório próprio pode ser o ponto de partida para uma carreira de sucesso. Mas embora esse seja o sonho de muitos médicos; psicólogos; dentistas; e outros especialistas da área da saúde, montar uma clínica que seja ao mesmo tempo bonita e funcional pode ter um custo bastante elevado.

Por isso, um bom planejamento é o primeiro passo para montar o consultório gastando pouco dinheiro. É preciso antecipar os gastos e reservar bastante tempo na sua rotina para pesquisa de local, fornecedores e itens que caibam no seu orçamento.

A fim de te ajudar nessa tarefa, separamos 7 dicas para você economizar no novo consultório. Confira a seguir!

Confira também:

1. Encontre o lugar perfeito

A escolha do local ideal, com boa infraestrutura e aparência, fará uma grande diferença no seu orçamento final. A dica, portanto, é optar por um ponto comercial já pronto para a mudança. Bom piso; portas e janelas intactas; iluminação em dia; banheiros e outras instalações em ordem evitam grandes reformas e garantem um investimento menor.

Existem plataformas práticas e completas que permitem pesquisar e alugar consultórios de forma segura e gratuita. É possível encontrar salas já equipadas e prontas para uso, com os aparatos necessários para começar os atendimentos. É uma excelente maneira de economizar no consultório, já que você precisará gastar apenas com alguns itens de decoração, dando um toque de personalidade ao ambiente, ou algum mobiliário extra.

2.  Conheça o seu novo espaço 

Decidido o local onde será instalado o novo consultório, é importante conhecer todos os aspectos e metragem do espaço. Tire as medidas do ambiente com o intuito de saber o que caberá ou não ali.

Com essas informações em mãos, você poderá realizar compras bem mais assertivas, evitando gastar com móveis e objetos muito grandes ou que atrapalhem a circulação da equipe e pacientes.

3. Faça um planejamento cuidadoso 

Depois, procure fazer listas de tudo que será necessário para que o consultório funcione perfeitamente. A principal dica é separar os itens por importância e criar um cronograma com foco no seu orçamento, e você pode até usar ferramentas gratuitas para isso.

Tudo aquilo que é essencial para colocar uma clínica em funcionamento, por exemplo os móveis, computadores e aparatos médicos, deve ser providenciado primeiro. Já os elementos mais supérfluos, como quadros decorativos e vasos de planta, podem ser adquiridos aos poucos ou conforme sua receita for aumentando.

4. Faça pesquisas na hora de escolher o mobiliário

No quesito mobiliário, a recomendação é que mesas, balcões, cadeiras e poltronas tenham um design clean e atemporal. A qualidade é outro fator para se levar em conta, visto que baratear nesses itens pode gerar custos inesperados lá na frente. Algumas lojas de varejo de grande porte costumam ter bons preços, por isso não hesite em pesquisar!

Ficar de olho em promoções é fundamental para conseguir móveis legais com preços mais acessíveis. Agora, se a ideia é dar um toque vintage ao ambiente, você também pode aproveitar móveis de família, trocando, por exemplo, o tecido de alguma poltrona que ainda tem potencial. Em lojas de antiguidade e brechós de mobiliário é possível encontrar peças nesse estilo, para arrematar com preços camaradas e ainda deixar a decoração super charmosa. 

5. Organize a clínica com prateleiras e nichos

Uma das principais características de um consultório médico funcional é a organização. Sabemos que, na área da saúde, é preciso armazenar um grande volume de documentos, por exemplo os prontuários dos pacientes, e investir em muitos armários feitos sob medida pode sair um pouco salgado. 

A alternativa para essa questão é investir em prateleiras e nichos comprados prontos, já que são baratos, bem fáceis de instalar e dão um toque moderno ao espaço.

Você também pode gostar de:

6. Coloque a mão na massa!

Aqui, a dica do “faça você mesmo” é super válida para quem quer montar um consultório com pouco dinheiro. Para substituir, por exemplo, um papel de parede que muitas vezes tem valores um pouco salgados, você pode criar lindas decorações usando a pintura a seu favor. É possível dar destaque em uma única parede ou ainda pintar alguns padrões de estampa com estêncil. Só vale lembrar que, por se tratar de um consultório médico, a recomendação é que as cores sejam suaves e os padrões mais delicados.

E mesmo que você não seja nenhum(a) artista, na internet estão tutoriais de todo tipo e que te ajudam a fazer itens de decoração de um jeito prático e muito mais econômico, para você não correr o risco de cometer nenhum erro.

7. Pense na economia a longo prazo

Embora conseguir montar o consultório com pouco dinheiro seja uma preocupação de muitos profissionais da saúde, minimizar os custos de forma constante, mas sem perder a qualidade de seus serviços, é muito importante para que sua marca se mantenha a longo prazo e consiga superar a concorrência.

Para isso, existem algumas práticas que te ajudam a melhorar a saúde financeira do seu negócio e que são bastante simples de serem aplicadas no consultório. A começar pelo consumo de eletricidade, tendo em vista que nos últimos anos a conta de luz teve um aumento considerável. Dessa maneira, tenha em mente que equipamentos antigos, como ar condicionado e refrigeradores, consomem mais energia e podem pesar no bolso, quando esses custos forem somados a outras contas. Opte também pelas lâmpadas de LED, que têm baixo consumo e vida útil maior que as comuns. 

Outra dica para economizar no consultório é em relação aos descartáveis. Os secadores elétricos de banheiro, por exemplo, não consomem tanta energia e ainda evitam grande volume de lixo, além de gastos com toalhas de papel e sacos para descarte.

Procure também incentivar a sua equipe a optar pelos copos reutilizáveis, restringindo os descartáveis apenas aos pacientes da recepção. Além de ser uma prática muito mais ecológica, essa ação ajudará a reduzir as despesas de sua clínica médica.


Montar um consultório com pouco dinheiro não é tarefa das mais simples, é verdade. Porém, seguindo essas dicas é possível economizar no novo consultório, dando início a esse capítulo da sua carreira da melhor forma possível!

Categorias: Locadores

0 comentário

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: