fbpx

Sublocação de consultórios: tudo o que você precisa saber

Publicado em

Sublocação de consultórios

A sublocação de consultórios é uma das alternativas mais práticas e econômicas para profissionais da saúde recém-formados que desejam iniciar as suas carreiras, sejam eles médicos, psicólogos, dentistas, nutricionistas ou outros. Ao sair da faculdade, pode ser difícil e caro começar o seu negócio na área da saúde com um espaço para realizar os seus atendimentos. Nesse sentido, sublocar um consultório pode ser uma opção mais viável.

Neste artigo, vamos explicar para você o que é a sublocação de consultórios, quais os cuidados necessários antes de assinar um contrato e tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que é a sublocação de consultórios?

A sublocação de consultórios, salas ou clínicas é uma prática de locação que permite que locatários aluguem parte de seus imóveis alugados para terceiros. Assim, o proprietário do imóvel pode alugá-lo para alguém que, por sua vez, também poderá alugar para outra pessoa.

Confuso? Vamos dar um exemplo para esclarecer!

O dr. Edmundo possui um imóvel com uma sala para consultas médicas. Sua amiga, a dra. Lúcia, aluga seu imóvel de forma fixa através de um contrato de aluguel. Nesse caso, o dr. Edmundo é o locador, enquanto que a dra. Lúcia é a locatária. Porém, a dra. Lúcia não consegue atender todos os dias na sua sala e deixa seu consultório ocioso em certos dias da semana. Para dividir os gastos, ela decide sublocar seu consultório para o dr. Pedro em certos dias da semana, passando a ser sublocadora dele. O dr. Pedro, assim, é o sublocatário da história.

A sublocação de consultórios é legalizada?

Sim! A sublocação de consultórios está protegida pela legislação brasileira e garante que as três partes envolvidas, locador, locatário e sublocatário, tenham seus direitos assegurados.

Um contrato de sublocação precisa seguir três pontos para ser considerado válido:

  1. A sublocação não pode estar proibida no contrato original
    O contrato original entre o locador e o primeiro inquilino, ou o locatário, não deve proibir a sublocação do espaço para que esta seja considerada válida. Caso o contrato original proíba a sublocação, esta não poderá ser praticada.
  2. O sublocador não pode transferir ao sublocatário mais direitos que possui
    Os direitos do sublocador, ou primeiro inquilino, podem envolver, por exemplo, o de preferência na compra do imóvel locado quando este for colocado à venda. O contrato de sublocação deve respeitar os direitos definidos no contrato original.
  3. A sublocação deve respeitar as regras da Lei da Locação (Lei nº 8.245/1991)
    Entre outros pontos, isso significa, por exemplo, que o valor do aluguel na sublocação não pode ser maior que o valor da locação. A lei pode ser conferida na íntegra neste link.

A lei assegura que nenhuma das partes seja surpreendida com cobranças indevidas, pagamentos atrasados ou encerramentos antecipados, por exemplo. É sempre importante consultar um advogado para entender melhor caso a caso.

Vantagens de sublocar um consultório

As vantagens de sublocar um consultório ou clínica envolvem tanto o locador, que decide alugar seu consultório, quanto o locatário, que se utiliza do espaço alugado. Vamos ver as vantagens da sublocação para cada um deles:

Para locadores

Tanto o proprietário do imóvel ou o primeiro inquilino que se torna sublocador possuem alguns benefícios ao sublocarem as suas salas:

  1. Renda extra
    Ao sublocar um consultório, o locador consegue uma renda extra com o aluguel em períodos ou dias da semana em que a sua sala estava ociosa. Se você tem uma sala que fica ociosa em certos períodos da semana, por que não alugar ela e diluir as suas despesas?
  2. Networking
    Além de dividir as contas, você poderá conhecer outros profissionais e aumentar o fluxo de pacientes no seu espaço ao sublocar o seu consultório. Quem sabe você não aumente até o seu número de atendimentos com isso, ou consiga novas parcerias e fornecedores na sua área?

Para locatários

Para quem aluga o consultório de outra pessoa por meio da sublocação, os benefícios também são diversos:

  1. Economia
    O custo do aluguel na sublocação é geralmente menor do que se você fosse alugar um espaço inteiro. Isso acontece porque você estará pagando apenas pelos períodos da semana que realmente for utilizar. Assim, você economiza não só com o aluguel, mas também não precisará se preocupar com investimento em equipamentos, manutenção do espaço e até mesmo funcionários, em alguns casos.
  2. Infraestrutura pronta
    Ao sublocar um consultório, você poderá ter toda a infraestrutura pronta à sua disposição. Isso pode incluir, por exemplo, equipamentos da sua profissão, mesas, cadeiras, ar-condicionado, wifi, banheiros e toda a comodidade para você e seus pacientes. Além disso, em alguns casos, é possível até contar com funcionários no espaço para facilitar as suas consultas, como secretárias e equipes de limpeza.
  3. Flexibilidade
    A sublocação de salas te dá muita flexibilidade: você pode escolher alugar o seu consultório apenas em determinados períodos do dia, ou em dias da semana específicos. E melhor ainda: você pode atender em bairros ou cidades diferentes. Já pensou em economizar com isso e ainda ampliar a sua capacidade de atendimento em diferentes regiões?

Cuidados na hora de sublocar um consultório

Até aqui, aparentemente é um bom negócio sublocar um consultório, certo? Na maioria das vezes, sim! Mas você precisa ficar atento a alguns pontos antes de sublocar sua sala, seja você um locador ou locatário:

Custos

Como locatário, procure pesquisar os preços de aluguel de consultórios similares na região em que você está buscando. Há diversas plataformas que permitem a busca por cidade ou até mesmo bairros, e uma busca rápida pode ser crucial para você identificar preços abusivos no aluguel do consultório que você está interessado.

Como locador, primeiro certifique-se de que você não precisará do espaço do seu consultório pelo tempo em que estará sublocando. Para encontrar o preço ideal para o aluguel do seu consultório, preparamos um guia completo aqui.

Localização

Um dos grandes benefícios de se sublocar um consultório é o de poder expandir a sua área de atuação, atendendo pacientes em regiões distintas. Locais próximos a transportes públicos, como metrô, por exemplo, são ideais para consultórios.

Fique atento à localização do consultório que você está querendo sublocar antes de fechar o contrato, e garanta que o lugar seja bem localizado para os seus pacientes.

Contrato e legislação

Fique atento também à legislação sobre sublocação antes de fechar um contrato. Certifique-se de que o acordo segue as normas da Lei da Locação e não esqueça de formalizar tudo por contrato. Mesmo que a locação seja feita direto com o locador, sem intermédio de uma plataforma, a assinatura de um contrato é essencial para garantir todos os direitos para as partes.

Consulte um advogado em caso de dúvidas!

Como sublocar um consultório

Para sublocar um consultório, você pode encontrar anúncios nas redes sociais ou procurar plataformas de aluguel de consultórios que cuidam de todo o processo para você. A Appoints é uma dessas plataformas, e ela faz todo o intermédio da sublocação, cuidando dos contratos e do pagamento, para você não precisar se preocupar.

Veja o passo-a-passo para sublocar um consultório por meio de uma plataforma como a Appoints:

  1. Acesse uma plataforma de aluguel de consultórios
    A Appoints ainda está em fase beta, mas assim que lançarmos publicamente você poderá procurar consultórios em www.appoints.com.br!
  2. Encontre o seu consultório ideal
    Como já mencionado, fique atento à localização do consultório que você está interessado em alugar.
  3. Envie seus documentos para cadastro
    Para garantir a segurança de todos os locadores e locatários, plataformas como a Appoints solicitam alguns documentos na hora do cadastro, como informações pessoais e de pagamento.
  4. Faça uma pré-reserva e entre em contato com o locador
    Depois de encontrar o seu consultório ideal, você pode fazer uma pré-reserva e entrar em contato com o locador para saber mais informações.
  5. Alugue e pronto!
    Assim que o locador confirmar, seu aluguel estará ativo! Agora é só começar a usar a sua sala alugada e ficar tranquilo, pois o pagamento será automático.

Se você deseja disponibilizar a sua sala para alugar, você também pode se cadastrar na Appoints para ser um dos primeiros a anunciar por meio deste link.

Conclusão: vale a pena sublocar um consultório?

Vale a pena sublocar um consultório? Na maioria dos casos, sim! Principalmente se você não deseja investir em um consultório próprio no momento, ou se quer flexibilizar a sua agenda de consultas rapidamente, expandindo seus atendimentos para outras regiões sem abrir mão do seu consultório atual.

A sublocação de consultórios é ideal para quem busca economia, infraestrutura pronta para atendimento e flexibilidade.

Se você é locador, por outro lado, sublocar o seu consultório pode ser uma boa opção para garantir uma renda extra e se beneficiar do networking com outros profissionais da área da saúde, expandindo sua rede de contatos e, quem sabe, até mesmo ampliando o seu número de atendimentos!


0 comentário

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: